Com o crescimento do sequestro de dados, manter a segurança, com certeza, é uma preocupação dos administradores das empresas.

No entanto, os ataques não são, exclusivamente, nas grandes empresas. Atualmente, qualquer rede de computadores é alvo de ataques de criminosos.

De acordo com os dados da própria Kaspersky, 42% das pequenas e médias empresas foram vítimas de ataques de hackers, em 2016. Por conta disso, é natural que os administradores adotem medidas para evitar prejuízos para as suas empresas.

MAS COMO FUNCIONA ESSE SEQUESTRO DE DADOS?

O sequestro de dados é um crime cibernético, conhecido como ransomware e que vem crescendo a cada dia. Esse processo ocorre por meio de um vírus, onde os hackers usam softwares maliciosos, com a total intenção de capturar informações confidenciais, por meio da criptografia, seja dos próprios funcionários ou da empresa.

Após a invasão, eles pedem por um resgate para restaurar o acesso dos dados capturados. Caso contrário, os hackers ameaçam a vítima, informando que irão apagar ou divulgar os seus arquivos.

No entanto, apenas os hackers contam com o acesso, tornando ineficaz qualquer ação para abrir ou tentar recuperar o arquivo infectado, pois o arquivo é criptografado. Vale lembrar que, geralmente, os pedidos de resgate costumam ser cobrados em bitcoins, a moeda virtual que impossibilita o seu rastreamento.

SEQUESTRARAM OS DADOS DA MINHA EMPRESA. E AGORA, O QUE DEVO FAZER?

Caso você seja vítima, assim que você receber a notificação do sequestro de dados, desligue imediatamente o computador. Em seguida, informe a equipe de TI da empresa ou consultoria especializada sobre o caso. A máquina deverá ficar isolada para não infectar os outros equipamentos conectados à rede.

O seu primeiro pensamento é pagar o resgate, no entanto, uma das primeiras ações é avaliar também, a restauração do backup. Essa é a melhor ação para que sua operação não fique mais tempo sem acesso aos dados que foram sequestrados.

Veja mais nesse artigo sobre backup: QUAL IMPORTÂNCIA DO BACKUP PARA VOCÊ?

Vale lembrar que o pagamento ao hacker, para liberar o acesso aos dados, não garante que eles realmente tragam os dados de volta. Afinal, eles podem receber a quantia solicitada e simplesmente não devolver os dados sequestrados, resultando em um prejuízo ainda maior para você. Além disso, o pagamento faz com que as empresas incentivem indiretamente o crime.

COMO EVITAR ESSA AMEAÇA?

Para evitar o sequestro de dados, é preciso tomar cuidados básicos, que geralmente são ignorados pelas empresas, por acreditarem que o problema não acontecerá com eles. Veja agora algumas dicas:

Faça backups de arquivos

Essa é uma das melhores formas de auxílio contra o ataque de hackers, já que é possível ter várias cópias das informações de maior importância para empresa, tornando o sequestro pouco efetivo para os criminosos.

Logo, mesmo que você seja afetado, não ignore a ameaça, é essencial ter uma avaliação de segurança na empresa para evitar novos ataques.

É importante também, obter rotinas de backup diário, semanal e mensal (local e nuvem). Essa ação tem como objetivo garantir que você tenha as informações atuais, diminuindo o prejuízo em casos de perda.

Atenção e cuidado com seus e-mails

Atualmente o e-mail ainda é a principal porta de entrada para o vírus e, consequentemente, o sequestro de dados.

É preciso estar sempre atento às mensagens que contenham qualquer tipo de anexo, propagandas e o remetente confiável.

Acesse a internet de forma segura

Mantenha seu navegador de preferência, sempre atualizado, para não sofrer com o sequestro de dados. É preciso que os usuários tenham atenção e cautela na hora de utilizar a internet, pois há muitos sites maliciosos que tentam explorar as vulnerabilidades de segurança do seu navegador, tentando ativar programas sem sua autorização.

Atualizações importantes

Assim como os navegadores, seu antivírus, sistema operacional e demais softwares de uso diário devem permanecer sempre atualizados com a última versão disponibilizada. Essa é mais uma forma de garantir a segurança do seu computador contra o sequestro de dados.

Treinamento com colaboradores

Treinar os colaboradores é uma das principais formas de evitar a invasão e o sequestro de dados, pois muitas vezes a empresa implementa diversas ferramentas de segurança, mas os usuários não fazem a mínima ideia de como podem evitar o risco de invasão e as consequências que podem gerar por não tomarem as medidas básicas de segurança no dia a dia.

Buscar prevenir é sempre a melhor estratégia e solução. A Ravel Tecnologia te auxilia a fortalecer a segurança da sua empresa. Fale com um de nossos especialistas, teremos o prazer em lhe ajudar.